Ouça agora na Rádio

N Notícia

tecmundo

FOTO: tecmundo

Apple pode lançar iPhone SE 2 no início de 2020, diz analista

Informações Compartilhadas Tecmundo

Apple pode lançar um "iPhone SE 2" no primeiro trimestre de 2020, segundo declarações recentes de Ming-Chi Kuo. O respeitado analista de mercado, que foca seus esforços na companhia de Cupertino, destaca que o plano seria o de trazer a linha como uma opção mais acessível dentre futuros aparelhos disponíveis. Contudo, o modelo deve ser equipado com design e recursos de hardware semelhantes aos do iPhone 8, como processador A13 e 3 GB de RAM.

Isso corrobora outro rumor publicado aqui no TecMundo de que a Apple poderia oferecer um celular no mesmo período com tela de LCD de 4,7’’ e Touch ID. Conforme Ming-Chi Kuo, essas configurações teriam como foco os mais de 100 milhões de usuários do iPhone 6 e iPhone 6 Plus.

Novo celular acessível pode receber design e hardware do iPhone 8. (Fonte: Apple/Divulgação)

O analista também justifica que esse público não teria interesse em determinados aspectos atuais (e mais caros) no momento de trocar seu smartphone, como Face ID e múltiplos sensores de câmera. Essa afirmação ainda sugere que o iPhone 2 SE teria apenas uma câmera principal.

“No mínimo, é uma opção para quem gosta de celulares pequenos, mas ainda deseja aproveitar as mais recentes melhorias do processador da Apple”, revelou Ming-Chi Kuo ao site MacRumors. Isso significa que esses compradores também teriam interesse em acessar recursos atualizados do iOS 13 e futuras atualizações do sistema, afinal, a linha iPhone 6 não terá suporte para essas novidades.

E o preço do iPhone SE 2?

O especialista não aponta uma possível faixa de preço para esse lançamento. Nesse caso, haveria chances de a companhia vendê-lo por valores próximos de quando anunciou o iPhone SE, em 2016, entre US$ 349 e US$ 399 (cerca de R$ 1.420 e R$ 1.630, na conversão direta e sem considerar impostos).

“O iPhone SE 2 provavelmente aumentará a participação de mercado do iPhone e beneficiará as promoções da Apple para serviço e conteúdo”, completa Ming-Chi. Em termos de números, ele também declara que a companhia estima a venda de 30 a 40 milhões de unidades desse tipo em 2020.

FONTE: Tecmundo
Link Notícia